TRECHO DO LIVRO O BISTURI DE OURO - autor Chaiene Santos - Editora Novo Século:



"Dois inspetores da 9ª Delegacia Policial do Flamengo ficaram responsáveis pelo caso, que foi muito noticiado pela mídia, visto que Dona Alzira era viúva de um grande empresário carioca.
A perícia constatou que o homicídio ocorrera por volta das seis horas da manhã. Realmente o assassino não havia deixado digitais, mas havia traços de pele por debaixo das unhas da senhora. Quando Glauco golpeou sua nuca, ela agarrou-lhe o braço antes de desfalecer arrancando um pouco de sua epiderme. O perito responsável logo submeteu os vestígios biológicos a um exame de DNA. Assim, serviria como prova material do crime..."

Comentários

Postagens mais visitadas