Trecho do livro O Bisturi de Ouro - autor Chaiene Barboza:

- " Maria Elvira caiu no sono, querido.
- Precisamos dormir também. Tenho que trabalhar amanhã, pois o dia será movimentado. Levarei alguns empresários para Angra. Haverá um Congresso e eles querem que os leve pessoalmente. – disse Glauco bocejando.
- Boa noite, meu amor.
O relógio marcava três horas da madrugada. As luzes do quarto do casal estavam apagadas e apenas uma fresta de luz vindo do quarto de Maria Elvira iluminava o corredor. De repente, uma mão enrugada subia lentamente pela cama de Glauco e tocou sua perna esquerda subindo até sua coxa..."

Comentários

Postar um comentário