TRECHO DO LIVRO - OS FILHOS DO TEMPO:



No seu primeiro dia de trabalho, ele com seu novo nome de Carl Zuchermann, ouvia as explicações do professor de Física Quântica que mostrava aos estagiários os campos gravitacionais da Teoria da Relatividade Geral. O conhecimento eclodia em sua mente e ele não conseguia frear o desejo de comentar a aula:
- Professor, o senhor já imaginou se o homem evoluir acompanhando a tendência do aumento cerebral dos primatas dos quais descendemos? E a atrofia das arcadas dentárias pela mudança de nossos hábitos alimentares, diminuição dos dedos pelo uso da Robótica? Ausência de unhas pela perda da função de garra?
- Aonde você quer chegar rapaz? Deixe-me ver, Sr. Carl Zuchermann, é assim que se pronuncia seu nome? – perguntou o professor.
- Sim senhor. – respondeu Nicolas – E se atravessando a dobra espaço-tempo-gravidade conseguíssemos voltar ao passado terrestre usando as modernas naves com formato discóide, com aerodinâmica para viajar pelo universo em todas as direções e na velocidade da luz? Já imaginaram todos aqui presentes que os discos voadores podem ser pilotados por humanos evoluídos do futuro?
- Meu jovem. Isso é impossível. Você só pode estar brincando. – respondeu o professor de física sorrindo.
Todos os estagiários ficaram rindo por alguns minutos e um deles disse:
- Carl. Você está estudando muito e precisa descansar. Imagina se os extraterrestres somos nós, humanos? Isso é loucura.

Comentários